Início Experiência Profissional Consulta de Psicologia Consulta Online Testemunhos Tabela de Preços Contactos


Consulta de Psicologia

A Psicologia Clínica caracteriza-se por estudar objectivamente os fenómenos mentais e as leis que os regem. Engloba também o estudo subjectivo das emoções, sentimentos e estados interiores. Tem como objectivo a compreensão do indivíduo no seu todo e na sua singularidade, encarando a pessoa como um ser único, em constante evolução.

No acompanhamento psicológico/psicoterapêutico o psicólogo apresenta-se como símbolo de suporte e de contenção. Pretende-se construir, em conjunto com a pessoa, estratégias para reduzir, aliviar e até extinguir o seu sofrimento, de forma a alcançar o bem-estar emocional.

Existe essencialmente uma relação de apoio, compreensão e ajuda, desprovida de julgamentos e de juízos de valor.

Adolescentes

A adolescência é um período de profundas mudanças, marcado essencialmente pela transformação. A puberdade gera transformações somáticas, fisiológicas, afectivas e sexuais que, por sua vez, conduzem a uma organização da personalidade e a uma consolidação da identidade.

O adolescente depara-se assim, com profundas mudanças e possibilidades afectivas e intelectuais. Para além disso, é lhe pedido que pense sobre o seu projecto de vida.

Adultos

O adulto pode definir-se como gestor de diversos papéis e funções: na família, no trabalho, no grupo de amigos. Surgem, por vezes, situações imprevísiveis e difíceis de lidar, a que se acresce o stress do dia-a-dia, da rotina, das expectativas e incertezas quanto ao futuro.

Nestas situações, o psicólogo pode auxiliar a encontrar uma forma eficaz de lidar com a situação problemática, maximizando os recursos pessoais e delineando novas estratégias a utilizar no futuro. Neste sentido, o espaço terapêutico potencia o restabelecimento do equilíbrio e do bem-estar da pessoa.
São diversas as situações que podem ser encaradas como perturbadoras: problemas de relacionamento, problemas emocionais, depressão, ansiedade, stress, problemas familiares, problemas conjugais, luto, adaptação à doença, adaptação a situações de mudança, problemas profissionais.

Idosos

O envelhecimento reúne alterações biológicas, psicológicas e sociais, apresentando ao indivíduo uma nova forma de relação com o tempo, com os outros e com a própria vida. É habitual nesta fase, as pessoas realizarem um balanço da sua existência e do que viveram ao longo dos anos. É neste cenário que podem surgir memórias, saudades, fragilidades e mágoas.
Para além disso, um suporte social inadequado, relações pouco frequentes ou estruturadas e a diminuição das capacidades físicas e cognitivas, podem originar diversas dificuldades. O psicólogo pode assim, auxiliar a encarar com maior serenidade esta etapa, ultrapassando os problemas e maximizando o bem-estar e a qualidade de vida. Na terceira idade podem surgir problemas associados com o isolamento social e a solidão, com a perda de capacidades e de autonomia e com a doença. É também frequente a manifestação de ansiedade face à morte, bem como luto e depressão.